A casa é construída em alvenaria de pedra com aparelho idêntico às muralhas que protegem o recinto da vila, supondo-se que possa ter sido uma das torres primitivas do castelo posteriormente abandonada. Em estado de ruína, foi recuperada em 1962 e convertida em habitação, altura em que se expandiu para a casa em frente, ligando-as por uma passagem em arco sobre a rua. A reconversão actual combina a habitação do proprietário, e um pequeno núcleo de turismo de habitação. A recuperação do terraço, atualmente pouco utilizado, prevê uma pérgola, vegetação e um pequeno tanque que conjuntamente irão proporcionar sombra e amenidade. Uma sebe apoiada numa estrutura ligeira fará a proteção contra os ventos dominantes, enquadrando as vistas sobre a vila e os campos envolventes.
Projecto: Turismo de Habitação
Tipo: Recuperação, encomenda
Cliente: Privado
Área: 438m2
Equipa: JPBA
Localização: Óbidos, Portugal
Status: Construído
PDF